[ editar artigo]

A prática da meditação na vida de um universitário e minhas experiências sobre o mesmo

A prática da meditação na vida de um universitário e minhas experiências sobre o mesmo

Com o desenvolvimento de novas tecnologias no mercado de trabalho, cada vez mais é necessário um grande número de qualificações para ser empregado. Em consequência, o objetivo de se tornar qualificado para o futuro engrandece o fardo mental já pesado na juventude estudantil. Assim, cada vez mais um jovem focado em melhorar seus conhecimentos para o futuro acumula estresse e deteriora sua capacidade de concentração, além do seu próprio estado emocional. O mesmo pode ser dito da minha própria experiência como estudante e, por conta disso, procurei como me aperfeiçoar através da meditação.

Em outro lado, a prática originária do oriente de meditação vem sendo cada vez mais utilizada para ambientes de trabalho como uma medida contra o estresse e a poluição mental dos funcionários aqui no ocidente. Assim, estudantes que praticam a arte da meditação se beneficiarão tanto quanto os praticantes em um ambiente de trabalho. 

As causas da meditação ser benéfica para a mente vem de seus surpreendentes resultados, que por si mesmos derivam de métodos de aplicação simples. Sendo assim, a meditação se divide em dois métodos: o esvaziamento da mente e a focalização/concentração. 

Primeiramente, o esvaziamento da mente é dito a mais difícil e recompensadora das etapas. Para esvaziar a mente, é recomendável um espaço tranquilo para começar. O ato de limpar a mente em si não é algo fácil, pois para avançar é necessário ignorar os pensamentos mundanos que vem a cabeça e, mais importante ainda, manter esse estado de mente limpa. Esse estado tem o benefício de despoluir a mente e diminuir a ação das emoções em decisões. Em minha própria experiência, essa etapa é crucial para entender os sentimentos que lhe afligem e diminuir o controle dos mesmos sobre a mente.

Outrora, os outro passo é mais simples. Após manter o estado de mente vazia, o objetivo final é a focalização na meta atual, isso é, prestar atenção somente ao o quê se quer fazer, seja ler um livro, estudar ou até mesmo lidar com uma situação problemática. Ao se concentrar totalmente em algo, é possível ignorar os pensamentos passageiros que atrapalham a concentração. Este último passo se tornou vital na minha vida estudantil após aprender a meditar. Utilizar desse método para poder focar em aprender e estudar em uma matéria me melhorou em muito a eficácia da minha concentração na hora de estudar.

Percebe-se, portanto, que a prática da meditação é um importante benefício que pode ser adicionado a rotina. Como exercícios de meditação são fáceis de aplicar e não demoram, visto que apenas 5 minutos dedicados já geram resultados, exercícios de meditação devem ser incorporados mais e mais na vida do cidadão, especialmente na vida de um universitário.

Supremamente
Ler matéria completa
Indicados para você