[ editar artigo]

O Guerreiro Empreendedor

O Guerreiro Empreendedor

 

Publicado originalmente na escola de empreendedores Bazzah (www.bazzah.com.br)

"O sábio guia esvaziando as mentes das pessoas e preenchendo seus âmagos."

Dao De Jing, capítulo 3.

Imagine aquelas guerras ancestrais em que de um lado se posicionam guerreiros armados de bastões e espadas e do outro estão dispostos guerreiros com lanças e flechas, somente aguardando o comando de ataque. Quando os dois lados inimigos se chocam em combate a cena se torna ainda mais incrível. Pessoas lutando por suas vidas em todos os lados. O caos instaurado. Não era necessário só dominar uma técnica de luta para sobreviver, mas conseguir pô-la em prática. Ou seja, dominar a técnica, mas também seus pensamentos e emoções para utilizá-la. O guerreiro que, mesmo em ambiente tão caótico, conseguia dominar a si mesmo, normalmente era o vencedor.

Todo empreendedor vive atualmente uma situação muito parecida com a descrita acima. Está constantemente exposto a inúmeros estímulos e cobranças que chamam a todo instante por sua atenção. Precisa superar infindáveis condições adversas para vencer. E ainda luta contra a concorrência para se destacar no mercado. O segredo para se ir bem nos negócios é o mesmo da guerra. Deve-se buscar a todo instante capacitação técnica, mas também capacitação mental e emocional.

No livro a Arte da Guerra, Sun Zi, general e filósofo, ensina que o caminho da vitória está em conhecer o seu oponente e também a si mesmo. Contextualizando, o empreendedor precisa conhecer o seu produto, o mercado e seus concorrentes, mas também a sua capacidade de atuar neste mercado, seja técnica, seja emocional.

Quando sou convidado para atuar em uma empresa, muitos dos participantes das minhas sessões expressam surpresa ao serem convidados por mim a saírem de seus postos de trabalho para desenvolver, por exemplo, exercícios de meditação e respiração. Muitos questionam a serventia de um momento de maior autoconhecimento e relaxamento. Um momento que lhes proporciona maior clareza mental e controle emocional. Um momento que equipa funcionários, diretores e executivos com ferramentas que os auxiliarão a viver estes benefícios listados acima a qualquer tempo. Tais questionamentos são respondidos pela melhora no próprio desempenho.

Desconectar-se do externo e alinhar-se internamente tem uma força potencializadora infinita.

Quando se está estressado, ansioso e angustiado perde-se em muito sua produtividade, e para resolver o problema tende-se a tirar dias de folga, férias e anos sabáticos. Quando isso não é possível, simplesmente se atura tais condições até que, como uma panela de pressão, explode. 

Entretanto, estudos comprovam que a respiração influencia diretamente o cérebro e nossas emoções, ou seja, saber controlar a respiração é fundamental para se obter controle emocional e clareza de pensar. Sim, uma simples técnica respiratória pode ser o que diferencia um empreendedor entusiasmado e energizado de um empreendedor angustiado, oprimido e pronto para desistir de tudo.

Quando não se encontram soluções para os infindáveis desafios do empreendedorismo, pode-se depois de lutar tanto, enfim, desistir de seus sonhos, ou acalmar suas emoções e buscar uma resposta no silêncio. 

Sim, a meditação faz com que os anseios externos sejam abafados e conecta os dois lados do cérebro, o racional e o criativo. A meditação proporciona respostas tanto pessoais quanto profissionais para todos os praticantes. Respostas que muitas vezes já se existem, mas não conseguem ser ouvidas por que não existia antes o silêncio.

Como já apresentado o excesso de estímulos também causa um outro malefício nas empresas: a falta de concentração e foco. Profissionais e empreendedores desconcentrados e desfocados tendem a não alcançar seus objetivos ou a alcançá-los de maneira ineficaz ao negócio.

Cada vez mais incorporadas às práticas corporativas a Mindfulness é um conjunto de técnicas meditativas com objetivo de gerar atenção plena no momento presente. Deixando o passado e futuro de lado para permitir uma ação com excelência agora. Isto faz com que a produtividade aumente e gera maior foco nas ações realizadas pela empresa.

Além de todo o já exposto, a pior das situações em que encontro empreendedores, é quando os vejo cansados de tantas lutas, na iminência de desistir, pois perderam seu animo e energia.

Quando se procura animo e energia externamente, sua fonte tende a se secar, mas quando se encontra isso internamente, inicia-se um ciclo virtuoso infinito. Acordar cedo com alegria e forças para trabalhar por horas a fio e persistir na busca por seus sonhos é o resultado de se energizar internamente.

A resposta para o anseio de muitos empreendedores, não está longe, mas ao contrário, está mais próximo do que se imagina, está dentro de si mesmo. Para alcança-la precisamos simplesmente achar um pouco de silêncio ao olhar para dentro de nós mesmos. Assim, venceremos todas as batalhas. 

Shifu Bruno Barros

 

Ler matéria completa
Indicados para você