[ editar artigo]

Respiração Abdominal ou Diafragmática

Respiração Abdominal ou Diafragmática

 

A respiração abdominal é aquela em que ao se inspirar expande-se o diafragma liberando os pulmões para maior recebimento de oxigênio e permitindo que o abdômen se expanda durante o processo. Ao se expirar o abdômen e o diafragma retornam permitindo que os pulmões gentilmente encaminhem o ar para fora.

A respiração é uma grande arma para o controle das atitudes do homem. Através do controle da respiração, o homem consegue obter maior força, energia, calma e capacidade de raciocínio.

As artes marciais chinesas, assim como na arte do canto, yoga, RPG, entre outras atividades, possibilitam uma reeducação respiratória, através da qual o ser humano volta a concentrar a sua respiração no abdômen ao invés de fazê-la no peito.

Diz-se que o ser humano volta a respirar desta maneira, pois é assim que fazemos ao nascer, vide um recém nascido. Entretanto, por desordens posturais, o homem cresce e restringe a sua capacidade respiratória, inflando o peito ao inspirar ao invés do abdômen, o que pode significar uma respiração superficial, ou seja, menos profunda.

Se a capacidade de armazenar o ar é menor, a energização do corpo também é, sendo a isto somada a maior contração muscular e um maior gasto de energia.

Desta forma, a reutilização da respiração abdominal, permite uma maior energização do corpo, um menor gasto de energia, e um maior relaxamento, trazendo maior naturalidade aos movimentos físicos executados.

Trazendo uma maior naturalidade, esta é utilizada para possibilitar um maior controle sobre as ações do homem, ou seja, um maior autocontrole, seja físico, como também intelectual e emocional.

O kung- fu treina este tipo de respiração conhecida como abdominal e a sua aplicação dentro da dinâmica do combate a través de uma técnica própria conhecida como qi gong.

O treinamento da respiração faz parte inerente do treino de kung fu: “Lian quan, bu lian gong, dao lao yi chan kong. Lian gong, bu lian quan, you ru di yi chuan.” Ou seja, se treinas o combate mas não a respiração, quando fores velho serás vazio de energia, mas se treinas respiração mas não treinas técnicas de combate serás como um navio sem seu casco, ou seja terás energia, mas não saberás aplicá-la.

Ressalto que nos dias de hoje o combate interno (mental e emocional) é muito mais constante e feroz que os desafios externos, sendo assim, através deste paralelo, faz-se imprescindível A TODOS OS SERES HUMANOS o entendimento e a prática de técnicas respiratórias que os levarão a uma vida melhor.  

Para uma melhor ilustração sobre a respiração abdominal ou diafragmática assista a aula no link abaixo:

 

Supremamente
Shifu Bruno Barros
Shifu Bruno Barros Seguir

Especialista em artes marciais e terapêuticas chinesas, Shifu Bruno, trouxe para o Brasil ferramentas milenares que podem transformar vidas!

Ler conteúdo completo
Indicados para você