[ editar artigo]

Ser Sustentável - O texto

Ser Sustentável - O texto


A ideia do Ser Sustentável veio do pensamento sobre uma carta para meu filho que completou 3 anos e meio em 2020 e para minha afilhada que tem 01 ano e três meses  quando finda dezembro deste mesmo ano. Para poder explicar o que é/foi/houve 2020 para qualquer pessoa nesse exato tempo espaço já está sendo complicado e imagina para crianças que vão ter consciência disso muito para frente. Uma sensação ainda mais profunda de medo do que pode vir acontecer após a grande onda pandêmica que fez a terra “parar” esse ano.
Nesse contexto, pensei em um projeto que pudesse ser uma reflexão como Ser Sustentável.

O tema sustentabilidade vinha ganhando proporção no cenário econômico global no período pré- pandemia, quando a quarentena e isolamento social trouxeram ainda mais clareza e caos para os campos da sustentabilidade Social, Ambiental, Ecológico e Visão de Mundo. Esferas da sustentabilidade sempre existentes mas pouco observadas. Nem de longe me sinto um como um ser 100% sustentável mas acredito que através de alguns exemplos e conhecimentos esse ideal de levar uma vida buscando a sustentabilidade pode no fim das contas até ser um estilo de vida mais gostoso, além de saudável. 

A carta para o Rael e Olivia falaria/fala sobre os “pilares” da sustentabilidade e sempre propondo perguntas, reflexões. Não vejo outra forma de refletir sem ser olhar para si mesmo. Perguntas sinceras costumam trazer respostas nutritivas e a reflexão é a chave desse processo.
Em meu ponto de vista 2020 foi um ano onde o verbo perder mais foi usado.
Perda de tempo.
Perda de dinheiro.
Perda de liberdade.
Perda de… tanta coisa que nem dá pra seguir.  

Mas alguém alguma vez já te contou sobre perder ou até mesmo dividiu com vocês os processos sobre uma grande perda?

 

A CARTA
 

Era uma vez,

Um tempo onde todo mundo, 

O mundo inteiro,
Passou a ter tempo.

As pessoas precisavam habitar suas “casas”.

Passar tempo com suas famílias.
Brigas, desigualdades e desavenças se multiplicaram. 

As pessoas começaram a perceber seus impactos

Com alimentação e acúmulo de resíduos em suas vidas e principalmente para si mesmos.

O planeta dava sinais que não estava satisfeito com isso e fez algumas perguntas para essas pessoas. Foram 04 pilares com as seguintes perguntas. 

Do pilar Social.
Como anda sua relação com as pessoas? Como tem lidado com o outro que é tão igual a você?

Do Pilar Econômico
Como você investe seu tempo? Com o que você se preocupa? 

Do pilar Ecológico 
Como você está se alimentando? Quais escolhas alimentares você tem feito? Quanto você cuida do que te nutre? Como você lida com seus resíduos? Como você cuida do que sobra?

Do Pilar de Visão de Mundo 
Como anda seu alinhamento com seus sentidos? Como anda sua respiração? Como anda sua relação com seu deus?

Após refletirem sobre as perguntas. 

Ficou claro que as pessoas estavam caminhando num caminho errado. 

Tinham perdido. 

Estavam perdidas. 

Com humildade e coletividade foi possível seguir num caminho em que todos tinham direitos iguais. 

E, nesse futuro, estavam inclusos todas as pessoas, animais, plantas e o próprio planeta em si. 


Reflexões para os adultos que forem contar a história. 

Agora é a hora de ser energia.
De sentir o outro brilhar e incentivar mais ainda.
Temos que estar prontos para mudar. O chamado é esse.
A gente tá sempre pronto para mudar e evoluir… assim como uma criança que todo dia aprende algo novo.
Todo dia, toda hora, muda, muda, muda, muda a gente precisa se adaptar cada vez mais rápido.

Não importa como parecemos por fora, podemos nos sentir tristes ou solitários por dentro.
Deseje sempre o bem, gentileza e amizade  a si mesmo e depois estenda essa gentileza aos outros.
Seguro e livre do sofrimento 
Saudável e feliz
Viver com Tranquilidade
Seja simplesmente como é.
Completo e inteiro! 


Do Pilar Social

Um momento que não permite sair de suas casas e muitas atividades e trabalhos já reabriram, logo, quem tem necessidade de estar trabalhando precisa ainda mais ser reconhecido. Então, de agora em diante, toda vez que eu ver um trabalhador na rua eu vou agradecer ele por aqui. No pedágio, na farmácia, lixeiro e principalmente motoboy. Que viram heróis não só por levar alimentos mas também dando exemplo de civilidade e viralizam nas redes sociais. Esse cenário mostra que precisamos estar cada vez mais unidos por que mesmo sem presença física precisamos do convívio para sobreviver.

Isso me traz a lembrança de um dos desenhos que mais gosto e me ajuda a trazer esse ponto de vista para enxergar a sociedade.

 

Nessa visão, como uma organização pode desprezar a existência e /ou diretos das pessoas que fazem parte dela mesma? 

Pessoa > Grana é uma equação que precisa sempre ser relembrada e nos trás para o campo Econômico. Podemos começar a pensar numa transição econômica pessoal. 


Do Pilar Econômico 

Esse nome acaba levando ao entendimento que econômico tem relação com dinheiro, mas nesta carta vou usar o econômico como referência de uso do seu TEMPO.
Nesse ponto pense que vocês tem 8 espaços que normalmente você usa seu tempo:
 

Saúde

Família, amigos

Amor

Lazer, tempo livre

Moradia

Trabalho, ocupação

Renda

Desenvolvimento Pessoal


Tente pensar quanto do seu tempo diário, semanal, mensal e anual você gasta com cada um desses espaços. Você pode mudar os nomes caso algum não faça tanto sentido para você e também não se assuste se vocês gasta pouco ou nenhum tempo com algum desses. A ideia é refletir sobre como usar seu tempo e não usar seu tempo para se julgar.
De toda forma pense quanto é importante equilibrar esses pontos para que a gente possa realmente nos cuidar antes de pensar em cuidar de outro alguém ou de outras coisas.

Um desenho simples para fazer essa reflexão é:
 


 

Ainda nesse campo econômico queria comentar sobre o caso de empresa ou pequeno negócio que tal usar o tal tempo que pode estar sobrando pra repensar seus caminhos. O digital chegou, o famoso os “tempos mudaram” é real e tá na nossa cara. E, vamos realmente precisar usar do nosso tempo para repensar e se adaptar ao novo. 
 

Do pilar Ecológico

Ao estarmos mais próximos de nós mesmos, alguns pontos ficam mais claros de serem percebidos. Principalmente quando são ações pessoais como se alimentar. Uma forma de nutrição que literalmente ingerimos alimentos. Essa tarefa pode também ser um ato político e ecológico. Do ponto de vista onde você escolhe quem você favorece ao comprar. Uma mega empresa ou um produtor local. Algo com conservantes/açúcares ou algo natural. Um produto importado ou algo de um produtor local.  Aproveitar da melhor forma todo alimento que comprar e não desperdiçar. 

Já em nossa alimentação encontramos uma enorme espiral de ecologia.
Quando pensamos em grandes proporções essas escolhas esbarram nos grande problemas que detestamos ver na TV. 


Florestas queimadas,
Aumento do desmatamento
Oceanos poluídos
Enchentes nas ruas 

A reflexão de que o cuidado com o planeta começa em nosso corpo e escolhas fica como aprendizados desse pilar.

Do pilar Visão de Mundo 

A respiração âncora vc de volta no presente
Sempre um novo começo
Sempre deixando as coisas serem como são
Deixando os pensamentos serem como são

A quietude profunda não surge por que o mundo está quieto

A quietude profunda é suportada quando permitimos q a mente e o corpo sejam como são. Momento após momento

Sua mente é como o céu. Seus pensamentos são como Nuvens

Grandes, escuras, pequenas e claras

As nuvens passam mas o céu permanece

Recursos mentais também são recursos de seu corpo apesar dessa conexão com o desconhecido. Também é preciso estimular esse campo. Seu corpo e mente pedem

Fica claro com o tempo que a maturidade é a forma com a qual você lida com as dificuldades. 

Quanto melhor lidar com as adversidades, mais apto a aprender estará. 

 

O que considero finalmente 


Podemos ser plásticos. Somos mutáveis. Essa palavra precisa mudar. 
Fale sobre perder. Conte suas derrotas. Aprende com os erros. Aprenda a amar esses momentos também.  

Fale sobre ter tempo. O tempo não é inimigo. Use seu tempo como seu amigo. 

Estamos cansados e não estamos fazendo muita coisa para mudar isso.
Nesse momento não reclamar e focar em pensamento positivo é a única opção.
Quem tá numa casa confortável sem fazer nada pode aproveitar esse tempo para olhar para si, para seus vizinhos (comunidade), casa, comunidade e meio ambiente.

Então que tal usar o instagram/face/computador/papel e caneta para aproveitar esse tempo “sobrando” e fazer algo para sua comunidade… seu prédio, rua, bairro..? cidade, pra um hospital que tá passando aperto nesse momento. Uma ideia de usar expectativas e tédio para ajudar de alguma forma 

Exemplos de como não podemos parar.
Mas podemos parar de sair de casa e aproveitar nosso tempo para não parar de evoluir 

Carta aberta Para Rael e Olivia
Renan Uga
2020

Supremamente
Renan Uga França
Renan Uga França Seguir

Estruturando projetos, tecendo redes, sempre buscando impacto positivo! #Social #Esporte #Cultura #Sustentabilidade #ODS

Ler conteúdo completo
Indicados para você